Hiperligação

contrario

Com as prioridades da Vida todas trocadas
Desfasadas da realidade que gosto em mim
Onde o que devida ser secundário
Diria por vezes até supérfluo
Passa a ser a prioridade
Objetivo a atingir
Enquanto as verdadeiras prioridades
Essas, passam a ser tratadas como secundárias
As prioridade é o material
O egocentrismo, a frieza
O Eu, e mais Eu e mais Eu ainda…
A falta de Amor e sentimentos puros
O trabalho e mais trabalho…
O lembrar dos outros só quando dá jeito
E tudo isto deveria ser secundário
As grandes prioridades da Vida…
Deviam…ah deviam….
Ser a família, os amigos
O querer bem do próximo
O Amor, a entre ajuda
Os sentimentos sinceros
Os sorrisos no rosto
O convívio desinteressado
O Viver intensamente, deixando de lado a falsidade
Não, eu não quero este Mundo ao Contrario
Eu quero hoje e sempre
As verdadeiras prioridades da Vida!!!

In English:
Sometimes I feel that I live
 in an upside down world, 
with the priorities of life
all changed. Out of phase 
with the realities that I like in me
Where to be secondary 
can sometimes be superfluous, 
but then becomes a priority, 
goals to be attained, 
while the true priorities, 
those are now treated 
as secondary.
The priority is the material, 
The selfishness and coldness,
Me, plus me and still  more me
The lack of love and pure feelings, 
Work and more work,
only remembering others 
when I want something.
All of this should be secondary;
the main priorities of Life,
 they should … ah!!! ‘should’ 
be the family and friends  
wanting good for others 
willing to bestow 
LOVE,  mutual aid, heartfelt feelings 
The smiles on faces  
The uncomplicated conviviality 
Living intensely, leaving aside the falseness
 
NO, I DON’T WANT THIS UPSIDE DOWN WORLD!!
I want today, and always: THE TRUE PRIORITIES OF LIFE!

Delícias ‘in mundi’ # 001-ANGOLA

#A               **ANGOLA**

Pintura:

António Ole

António Ole nasceu em 1951, em Luanda (Angola).Artista plástico, fotógrafo e realizador angolano, descendente de família portuguesa e angolana, António Ole fez parte, em 1974, da equipa de Contrato Popular, um programa radiofónico, e foi aceite, em 1975, como realizador de programas na Televisão Popular de Angola, cobrindo, nesse mesmo ano, as celebrações do 11 de Novembro, em Luanda. Ainda em 1975, formou-se no American Film Institute, em Los Angeles (EUA) e, entre 1981 e 1985, estudou cultura afro-americana e cinema na Universidade da Califórnia (EUA), onde obteve o diploma do Center for Advanced Film Studies.
http://www.infopedia.pt/$antonio-ole;jsessionid=kgfZFO+Cqh3jYh5OU6g6lw__

"Desintegrações (II)" 2000-2003 ©António Ole

“Desintegrações (II)” 2000-2003 ©António Ole

O Auto Inspirado

inspired selfOh, para encontrar a alegria
do auto inspirado.
Deixe-me provar a
doçura da compaixão,
encontrar prazer em ajudar os outros,
muito tempo para viver uma vida de
grandes valores morais.
Possa eu andar suavemente,
mostrando bondade a todos.
Deixe a bolha da criatividade subir,
pois eu sou do Criador,
respeitado e respeitador.

***************

In English: Source of Inspiration

http://patcegan.wordpress.com/2013/09/13/the-inspired-self/

Delícias ‘Portus Cale’ # 001

Pintura em Portugal # A

– Alfredo Cristiano Keil – Alfredo Keil

(Lisboa, 3 de Julho de 1850 — Hamburgo, 4 de Outubro de 1907)

Praia Grande - 880 d.C.                    Keil, Alfredo Cristiano (Lisboa, 1850 - Hamburgo, Alemanha, 1907)

Praia Grande

https://fontedeinspiracao.wordpress.com/2013/09/21/day-of-art-27-2/

Continuar a ler