Despir o ser até à inocência – João Morgado

“PARA FAZER AMOR É PRECISO MAIS, MUITO MAIS, DO QUE DESPIR O CORPO. É PRECISO DESPIR O SER ATÉ À INOCÊNCIA. E ENTREGAR-MO-NOS NUS DESPIDOS DO MUNDO E SEM MEDO DE PERDER A ALMA.” [DIÁRIO DOS INFIÉIS] ―JOÃO MORGADO

“PARA FAZER AMOR É PRECISO MAIS, MUITO MAIS, DO QUE DESPIR O CORPO. É PRECISO DESPIR O SER ATÉ À INOCÊNCIA. E ENTREGAR-MO-NOS NUS DESPIDOS DO MUNDO E SEM MEDO DE PERDER A ALMA.”
[DIÁRIO DOS INFIÉIS] ―JOÃO MORGADO

“To make love it takes more, much more than strip the body! You must undress the being, up to innocence. And give ourselves naked, naked in the world without fear of losing one’s soul. ” – [Diário dos Infiéis]

Anúncios

Gostamos de ouvir de você.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s